Início » Destaque » Paulo Augusto de Oliveira é de fato e de direito Procurador Geral do MPPE

Paulo Augusto de Oliveira é de fato e de direito Procurador Geral do MPPE

Devidamente empossado Procurador Geral de Justiça de Pernambuco, dr. Paulo Augusto Freitas de Oliveira posa com a mulher, Tayna Calado, e os filhos Paulo Victor e Letícia. Solenidade virtual aconteceu na tarde dessa quinta-feira (14), na 1ª Sessão Solene do Colégio de Procuradores de Justiça (CPJ) do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Em seu discurso, o novo procurador-geral ressaltou a necessidade de modernizar ainda mais a Instituição, reforçando a atuação na área finalística, com o fortalecimento da cidadania e da justiça social em nosso Estado. A cerimônia foi transmitida de forma virtual a partir do Salão dos Órgãos Especiais e contou com a visualização de mais de 300 pessoas.

“A partir de hoje passamos a estabelecer um maior diálogo, passando a dirigir os destinos do MPPE para todos os membros e servidores, sem distinção, sem preferências e tendo os interesses institucionais e do povo pernambucano como balizadores de nossas ações daqui para frente. Ainda assim, a nossa Instituição detém identidade própria e mais do que nunca se tornou indispensável à defesa dos interesses sociais. Isso nos leva à convicção de que vencemos uma etapa importantíssima no processo de consolidação institucional, porém, em tempos atuais, somos ungidos a desafios contemporâneos, dentre estes, a necessidade de nos reinventarmos para atendermos os anseios de uma nova geração conectada, sem descuidarmos da necessidade de nos mantermos mais próximos da sociedade, sobretudo dos mais vulneráveis, numa intensa e permanente luta pela inclusão social e pela redução das desigualdades”, disse Paulo Augusto.

Ele ressaltou, ainda, que pretende dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito, ressaltando a necessidade de trazer novas ações. “Queremos, sim, continuar sendo referência para o País em tecnologia e inovação, porém, para além disso, focaremos nossos esforços na rápida concepção e célere entrega de produtos de inteligência artificial e de novas ferramentas tecnológicas que, realmente, interfiram na redução do esforço dos membros e servidores, na maior qualidade do serviço e no aumento da produtividade. É isso mesmo, a inovação digital será marcada por novas atitudes e simplicidade no fazer”, reforçou.

Um dos pontos altos do seu discurso esteve relacionado à premente necessidade de impulsionamento de políticas públicas voltadas para mulher e outros grupos vulneráveis, sob o enfoque da proteção contra violência doméstica, do empoderamento e da existência de oportunidades no mercado de trabalho. “Temos o compromisso de garantir e incentivar a participação de mulheres em cargos da alta administração e de gestão, como fruto da competência e merecimento das colegas que compõem o MPPE”, disse ele que anunciou a procuradora de Justiça Zulene Santana, como a nova subprocuradora-geral de Justiça em Assuntos Institucionais; a promotora de Justiça Vivianne Maria Freitas, como chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça; e a promotora Maria de Lizandra de Carvalho como coordenadora do Gabinete.

Curta e Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Calendário de Notícias

janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com