• blogdajaciara

Coleção de Renascença é apresentada em Caruaru



Artesãs de Pesqueira vão apresentar uma coleção de moda em Renda Renascença, fruto de uma capacitação realizada pelo Senac Caruaru. Será no próximo sábado (11), às 10h30, no Centro de Convenções de Caruaru, com entrada gratuita. Haverá apresentação da coleção e desfile. O programa de qualificação foi desenvolvido pelo Senac, em parceria com a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe) e Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pesqueira.


O Senac Caruaru começou um curso/consultoria personalizado para as rendeiras da Associação de Artesãos Nossa Senhora das Graças (Cheia de Graça), de Pesqueira, no ano passado. A associação foi aprovada no 4º Chamamento Público do Programa Força Local da Adepe. A proposta do trabalho do Senac foi atuar em três frentes de desenvolvimento - criação, gestão e comunicação.


“O objetivo do projeto é capacitar, em moda, mulheres que fazem vestuário de Renda Renascença, para que possam ir além do artesanato. Muitas delas até construíam peças de vestuário, mas não com o conceito e entendimento de produtos de moda, com o pensamento e metodologia de coleção, tecnologia e percepção do sistema de moda”, explicou o coordenador do curso de Design de Moda, Luiz Clério.


Foram oferecidos alguns cursos como Planejamento e Desenvolvimento de coleção, Moulage, Costura, Gestão de Preços, Marketing, Gestão de Redes Sociais e Planos de Comunicação, entre outros. Ao todo, cinco professores do Senac participaram do projeto, totalizando mais de 260h de capacitação. A conclusão será com a apresentação de uma coleção com mais de 50 modelos e um desfile de 20 looks no Centro de Convenções do Senac Caruaru.


Rendeiras - A associação existe há 21 anos, sem fins lucrativos, mas precisava de visibilidade. “A gente nunca foi vista na realidade”, disse a presidente da associação, Neide Silva ao explicar os benefícios do projeto pioneiro, que reconheceu a renascença como moda, segundo a presidente.


“Eram 23 (rendeiras), mas algumas desistiram e ficaram 15 que estão muito unidas e empoderadas, porque esse projeto foi uma mudança total na vida delas e a gente nem começou a vender, aí vai ser ainda melhor”, comemora a presidente da associação. Além do lançamento da coleção, no dia 11 vai ser apresentado o site e a loja colaborativa que terá os produtos à venda.


Foto: Reprodução Internet