top of page

Histórico: pela 1ª vez, duas mulheres no comando de Pernambuco


Começa um novo capítulo na história política de Pernambuco, com a primeira mulher a assumir o Estado, Raquel Lyra, e sua vice, Priscila Krause, nesse domingo (1º). Durante a cerimônia de posse, na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco, a agora governadora destacou que traz para si a necessidade de se dedicar ao povo pernambucano ao assumir o governo. Ainda afirmou que espera liderar a reconstrução do estado nos próximos anos.


A governadora empossada se comprometeu na busca por resolução de problemas sociais, como miséria, acesso precário a serviços de reforma administrativa que torne a máquina pública mais eficiente.

“A campanha ficou para trás, e os palanques foram desmontados, mas o desejo do povo por mudança, não. Mais que um desejo, mudar é uma necessidade e uma urgência”, disse. “Vou ser a governadora de todas as pernambucanas e pernambucanos”.


A vitória da tucana também marca o fim de 15 anos de governo do PSB no Estado. Antes, foram quatro mandatos consecutivos da sigla, com Eduardo Campos e Paulo Câmara.


Advogada com pós-graduação em direito econômico, a governadora eleita tem 43 anos e nasceu na capital do estado, Recife. Fora da política, ela foi delegada da Polícia Federal e chefe da Procuradoria de Apoio Jurídico e Legislativo do governo Eduardo Campos (PSB). Chegou a ser deputada estadual por dois mandatos.


Comentarios


bottom of page