• blogdajaciara

Mayra é bronze e faz história ao conquistar 3ª medalha em Olimpíadas


Mayra Aguiar leva o bronze no judô e faz história ao conquistar 3ª medalha em Olimpíadas Em uma carreira em que passou por sete cirurgias no joelho, Mayra Aguiar, 29, ficou 16 meses sem lutar entre 2020 e 2021. Voltou no mês passado, no Mundial de Budapeste, para somar pontos no ranking e ganhar ritmo de combate.


Ela sabe o que é subir em um pódio olímpico. Foi assim em 2012, em Londres, quando conquistou o bronze. O mesmo cenário se repetiu, quatro anos mais tarde, diante da torcida brasileira no Rio de Janeiro. Em Tóquio, a gaúcha de 29 anos manteve o que virou uma tradição: a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos.


A judoca brasileira leva para a capital do Rio Grande do Sul e para o País todo a alegria de ser a primeira mulher brasileira a conquistar três medalhas em disputas individuais em Olimpíadas. Além disso, tornou-se a primeira judoca brasileira a subir ao pódio olímpico três vezes. Não é pouco. A marca não é apenas histórica para o judô, como também para o Brasil.