top of page

NOTA À IMPRENSA - Piso Nacional de Enfermagem




À sociedade Caruaruense e do Agreste Pernambucano,


O Hospital Santa Efigênia teme em comprometer com a qualidade do seu atendimento ao paciente diante da aprovação da Lei Federal 14.434/2022, que estabelece um piso salarial a nível nacional para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. Consciente de que o novo piso é importante na valorização dos profissionais da saúde, que são verdadeiros pilares na garantia da assistência à população, a Lei, já em vigor, traz efeitos imediatos com graves impactos financeiros para hospitais e unidades de saúde espalhados pelo País.


O Santa Efigênia, que tem 41 anos de serviços prestados aos moradores de Caruaru e de todo o Agreste pernambucano, conta com mais de 220 profissionais de enfermagem, o que representa uma elevação significativa nos custos fixos diante dos pisos estabelecidos. Impacto financeiro insustentável para o hospital, que ainda enfrenta as dificuldades financeiras deixadas pela pandemia da Covid-19.


Honrar os compromissos junto aos profissionais e a população, com a aplicação imediata da Lei, torna-se impossível por falta de recursos, uma vez que não foi concedido tempo suficiente para renegociação juntos as fontes pagadoras (Planos de Saúde/Operadoras), as quais, em sua maioria, não deram retorno aos nossos apelos, o que dificulta ainda mais a manutenção dos serviços ofertados nesta unidade.


Em respeito aos pacientes, colaboradores, prestadores de serviços e demais parceiros, resta informar que, caso não haja avanço nas negociações e garantia de equilíbrio econômico-financeiro da operação, infelizmente, corremos sério risco de suspender permanentemente nossas atividades nos próximos 60 dias.


Caruaru/PE, 31 de agosto de 2022

Milton Chaves Ferreira Jr.

Diretor Presidente

Hospital Santa Efigênia

留言


bottom of page