• blogdajaciara

Promotores do Festival Viva Vitalino são recebidos na Fundação de Cultura de Caruru


O vice-presidente da Fundação de Cultura de Caruaru (FCC), Fúlvio Wagner, recebeu na manhã desta quarta-feira (16), os produtores culturais Yone Amorim e Antonio Preggo, realizadores do Festival Viva Vitalino, que chega a 7ª edição entre os dias 17 e 24 de abril, no Alto do Moura. O evento é uma maneira de manter viva a arte figurativa criada pelo Mestre Vitalino, que é o grande homenageado do festival, que marcará os 113 anos de nascimento do Mestre. Já o homenageado da edição será o Boi Tira Teima, que completará 100 anos em 2022.


Durante oito dias será desenvolvida programação gratuita com oficinas, exposição de peças de barro e de fotografias, exibição de vídeos, banda de pífanos, recital de poesia, mazurca, reisado, pernas de pau e shows musicais, entre eles o compositor e poeta popular Jessier Quirino, que é reconhecido nacionalmente. O Festival Viva Vitalino contará com uma infraestrutura com palco, banheiros químicos (inclusive com acessibilidade). As exposições terão descrição em braille - sistema de escrita tátil utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão.


Para Fúlvio Wagner a expectativa é muito positiva para a retomada do festival. “Como nos anos anteriores, a Fundação de Cultura abraça mais uma vez a realização desse evento, que tem grande importância para a cadeia produtiva da cultura local”, comentou o vice-presidente da FCC.


Os recursos são da Lei de Incentivo à Cultura, através da Fundarpe, Secretaria de Cultura e Governo do Estado de Pernambuco e o apoio da Família Vitalino, Prefeitura de Caruaru, Fundação de Cultura de Caruaru e Associação dos Artesãos em Barro e Moradores do Alto do Moura (ABMAM).


Foto: Blog da Jaciara Fernandes